O processo do cateterismo venoso central em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal e Pediátrica

Estudo descritivo, longitudinal e abordagem quantitativa, que objetivou analisar e discutir o processo do cateterismo venoso central nas Unidades de Terapia Intensiva neonatal e pediátrica; descrever as variáveis relacionadas à caracterização da população do estudo (unidade de internação, faixa etár...

Full description

Bibliographic Details
Main Authors: Aline Veronica de Oliveira Gomes, Maria Aparecida de Luca Nascimento
Format: Article
Language:English
Published: Universidade de São Paulo 2013-08-01
Series:Revista da Escola de Enfermagem da USP
Subjects:
Online Access:http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0080-62342013000400794&lng=en&tlng=en
Description
Summary:Estudo descritivo, longitudinal e abordagem quantitativa, que objetivou analisar e discutir o processo do cateterismo venoso central nas Unidades de Terapia Intensiva neonatal e pediátrica; descrever as variáveis relacionadas à caracterização da população do estudo (unidade de internação, faixa etária e sexo) e descrever as variáveis relacionadas ao processo do cateterismo venoso central (tipo de cateter, motivo de indicação, número de lumens, sítio de inserção, profissional que realizou o procedimento, terapêutica medicamentosa infundida via cateter, motivo de retirada, tempo de permanência e as complicações mecânicas e infecciosas). A coleta de dados foi realizada em unidade de terapia intensiva neonatal e pediátrica, em 82 prontuários. As indicações dos cateteres foram, em sua maioria, para infusão medicamentosa prolongada e Nutrição Parenteral Total. A remoção foi indicada predominantemente por complicações mecânicas e infecciosas. Esse estudo viabilizou rever a prática assistencial para estabelecer o aprimoramento da assistência prestada à clientela neonatal e pediátrica.
ISSN:1980-220X