“Fiz péssima escolha” na tomada de decisão

Há uma frase (do Steve Beckman) que diz “você faz suas escolhas e suas escolhas fazem você.” Todo indivíduo é dotado de habilidades que formam suas competências e lhe permite decisões. Há dias atrás, uma frase de minhas leituras me chamou a atenção, “fiz péssima escolha”. Independente do contexto ao...

Full description

Bibliographic Details
Main Author: Antonio Mendes Silva Filho
Format: Article
Language:Portuguese
Published: Universidade Estadual de Maringá 2014-03-01
Series:Revista Espaço Acadêmico
Subjects:
Online Access:http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/EspacoAcademico/article/view/23187
Description
Summary:Há uma frase (do Steve Beckman) que diz “você faz suas escolhas e suas escolhas fazem você.” Todo indivíduo é dotado de habilidades que formam suas competências e lhe permite decisões. Há dias atrás, uma frase de minhas leituras me chamou a atenção, “fiz péssima escolha”. Independente do contexto ao qual ela estava inserida, o que aqui se destaca e desperta atenção é: o que leva uma pessoa a dizer “fiz péssima escolha”? Será errar ou medo de errar algo ruim? Será o descarte a solução dessa “péssima escolha”? Ou será a percepção do resultado da escolha equivocada? Este artigo visa explorar questões que podem motivar um personagem ou pessoa a se expressar dessa maneira, buscando explorar traços da natureza humana.
ISSN:1519-6186