O excedente cognitivo na biblioteca universitária

Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, Florianópolis, 2014. === Made available in DSpace on 2015-02-05T20:47:18Z (GMT). No. of bitstreams: 1 328494.pdf: 8513859 bytes, checksum: 4b818c52c696...

Full description

Bibliographic Details
Main Author: Garcia, Paula Balbis
Other Authors: Universidade Federal de Santa Catarina
Format: Others
Language:Portuguese
Published: 2015
Subjects:
Online Access:https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/129181
id ndltd-IBICT-oai-repositorio.ufsc.br-123456789-129181
record_format oai_dc
collection NDLTD
language Portuguese
format Others
sources NDLTD
topic Biblioteconomia
Ciência da informação
Usuários de bibliotecas
Bibliotecas universitárias
Estudos de usuários
Bibliotecas universitárias
Serviços de referência
spellingShingle Biblioteconomia
Ciência da informação
Usuários de bibliotecas
Bibliotecas universitárias
Estudos de usuários
Bibliotecas universitárias
Serviços de referência
Garcia, Paula Balbis
O excedente cognitivo na biblioteca universitária
description Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, Florianópolis, 2014. === Made available in DSpace on 2015-02-05T20:47:18Z (GMT). No. of bitstreams: 1 328494.pdf: 8513859 bytes, checksum: 4b818c52c696a4d3768b91e59fd805d6 (MD5) Previous issue date: 2014 === O excedente cognitivo - o tempo livre das pessoas escolarizadas - vem sendo empregado voluntariamente na construção de bens coletivos como os verbetes da Wikipedia ou as traduções dos vídeos das TED Talks. Nesse cenário, a curadoria de informação se afirma como um novo ofício, no qual os curadores são os próprios usuários, que filtram os conteúdos disponíveis na internet de acordo com seus interesses e os disponibilizam às suas comunidades em sites de redes sociais. O excedente cognitivo seria efetivo na curadoria de metainformação do acervo de bibliotecas universitárias? Esta pesquisa busca investigar as possibilidades de emprego do excedente cognitivo na curadoria colaborativa de informação relacionada aos itens do acervo da Biblioteca Universitária da Universidade Federal de Santa Catarina - BU/UFSC. Nesta pesquisa de métodos mistos, descritiva e exploratória, os dados foram coletados em entrevista presencial com bibliotecários da BU/UFSC e em questionário on-line de participação voluntária, em Google Docs, aberto a toda a comunidade. Houve 776 respondentes entre os dias 8 e 12 de outubro de 2013 e constatou-se, pelas respostas analisadas, que a BU/UFSC tem a intenção de inovar ainda mais em serviços e produtos e também que está disposta a novas propostas colaborativas com a comunidade, apesar das dificuldades técnicas. Os usuários também se mostraram predispostos a colaborar (76%) com informações sobre itens do acervo. As novas modalidades de colaboração relacionadas ao acervo mais citadas pelos respondentes foram comentários (52%) e livros/links e sites relacionados (24%). A maioria dos respondentes (51%) afirmou acreditar que a BU/UFSC está preparada para processos de colaboração inovadores com os usuários, o que configura a boa disposição para aproveitar o excedente cognitivo na curadoria da informação do acervo da BU/UFSC.<br> === Abstract : Cognitive surplus - the free time of educated people - has been employed voluntarily in creating collective goods such as Wikipedia articles and TED Talks video translations. In this scenario, information curation emerges as a new collective craft, in which users filter content available on the internet according to their interests and make them available to their communities on social networking sites. Can cognitive surplus be an effective strategy for curating the information on collections from university libraries? This research aims at describing the possibilities of employing the cognitive surplus in the collaborative curation of information on collection items of the University Library of the Universidade Federal de Santa Catarina ? BU/UFSC. In this mixed-methods, exploratory, descriptive research, data was collected in an interview with BU/UFSC librarians and in a questionnaire posted in Google Docs for the community?s voluntary participation. We received 776 filled questionnaires between October 8th and 12th, 2013. The results show that BU/UFSC intends to keep innovating in products and services, including in collaboration with the community, despite technical limitations. Users were also predisposed to cooperate (76%) with input on collection items. Most cited user curation activities proposed for collection items were commenting (52%) and input of related books, links, and sites (24%). The majority of respondents (51%) said they believed BU/UFSC is prepared to accept user collaboration in innovative processes, which configures the willingness to harness cognitive surplus in curating information on the BU/UFSC collection items.
author2 Universidade Federal de Santa Catarina
author_facet Universidade Federal de Santa Catarina
Garcia, Paula Balbis
author Garcia, Paula Balbis
author_sort Garcia, Paula Balbis
title O excedente cognitivo na biblioteca universitária
title_short O excedente cognitivo na biblioteca universitária
title_full O excedente cognitivo na biblioteca universitária
title_fullStr O excedente cognitivo na biblioteca universitária
title_full_unstemmed O excedente cognitivo na biblioteca universitária
title_sort o excedente cognitivo na biblioteca universitária
publishDate 2015
url https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/129181
work_keys_str_mv AT garciapaulabalbis oexcedentecognitivonabibliotecauniversitaria
_version_ 1718825139335856128
spelling ndltd-IBICT-oai-repositorio.ufsc.br-123456789-1291812019-01-21T16:27:29Z O excedente cognitivo na biblioteca universitária Garcia, Paula Balbis Universidade Federal de Santa Catarina Kern, Vinícius Medina Biblioteconomia Ciência da informação Usuários de bibliotecas Bibliotecas universitárias Estudos de usuários Bibliotecas universitárias Serviços de referência Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, Florianópolis, 2014. Made available in DSpace on 2015-02-05T20:47:18Z (GMT). No. of bitstreams: 1 328494.pdf: 8513859 bytes, checksum: 4b818c52c696a4d3768b91e59fd805d6 (MD5) Previous issue date: 2014 O excedente cognitivo - o tempo livre das pessoas escolarizadas - vem sendo empregado voluntariamente na construção de bens coletivos como os verbetes da Wikipedia ou as traduções dos vídeos das TED Talks. Nesse cenário, a curadoria de informação se afirma como um novo ofício, no qual os curadores são os próprios usuários, que filtram os conteúdos disponíveis na internet de acordo com seus interesses e os disponibilizam às suas comunidades em sites de redes sociais. O excedente cognitivo seria efetivo na curadoria de metainformação do acervo de bibliotecas universitárias? Esta pesquisa busca investigar as possibilidades de emprego do excedente cognitivo na curadoria colaborativa de informação relacionada aos itens do acervo da Biblioteca Universitária da Universidade Federal de Santa Catarina - BU/UFSC. Nesta pesquisa de métodos mistos, descritiva e exploratória, os dados foram coletados em entrevista presencial com bibliotecários da BU/UFSC e em questionário on-line de participação voluntária, em Google Docs, aberto a toda a comunidade. Houve 776 respondentes entre os dias 8 e 12 de outubro de 2013 e constatou-se, pelas respostas analisadas, que a BU/UFSC tem a intenção de inovar ainda mais em serviços e produtos e também que está disposta a novas propostas colaborativas com a comunidade, apesar das dificuldades técnicas. Os usuários também se mostraram predispostos a colaborar (76%) com informações sobre itens do acervo. As novas modalidades de colaboração relacionadas ao acervo mais citadas pelos respondentes foram comentários (52%) e livros/links e sites relacionados (24%). A maioria dos respondentes (51%) afirmou acreditar que a BU/UFSC está preparada para processos de colaboração inovadores com os usuários, o que configura a boa disposição para aproveitar o excedente cognitivo na curadoria da informação do acervo da BU/UFSC.<br> Abstract : Cognitive surplus - the free time of educated people - has been employed voluntarily in creating collective goods such as Wikipedia articles and TED Talks video translations. In this scenario, information curation emerges as a new collective craft, in which users filter content available on the internet according to their interests and make them available to their communities on social networking sites. Can cognitive surplus be an effective strategy for curating the information on collections from university libraries? This research aims at describing the possibilities of employing the cognitive surplus in the collaborative curation of information on collection items of the University Library of the Universidade Federal de Santa Catarina ? BU/UFSC. In this mixed-methods, exploratory, descriptive research, data was collected in an interview with BU/UFSC librarians and in a questionnaire posted in Google Docs for the community?s voluntary participation. We received 776 filled questionnaires between October 8th and 12th, 2013. The results show that BU/UFSC intends to keep innovating in products and services, including in collaboration with the community, despite technical limitations. Users were also predisposed to cooperate (76%) with input on collection items. Most cited user curation activities proposed for collection items were commenting (52%) and input of related books, links, and sites (24%). The majority of respondents (51%) said they believed BU/UFSC is prepared to accept user collaboration in innovative processes, which configures the willingness to harness cognitive surplus in curating information on the BU/UFSC collection items. 2015-02-05T20:47:18Z 2015-02-05T20:47:18Z 2014 info:eu-repo/semantics/publishedVersion info:eu-repo/semantics/masterThesis https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/129181 328494 por info:eu-repo/semantics/openAccess 198 p.| il., tabs. reponame:Repositório Institucional da UFSC instname:Universidade Federal de Santa Catarina instacron:UFSC